O fotógrafo profissional freelancer

Atualizado: Abr 2


Quando decidi lançar-me, afincadamente, neste meu projeto, sabia que ia ser intenso, mas confesso que não tanto assim.Decidir ter o próprio projeto e negócio é um momento, quase insano, em que colocamos o coração intensamente à prova. 

Ser freelancer é sinónimo de arregaçar mangas de forma constante e também o de “pintar bonito” um caminho que nos exige muito, senão tudo.

Mas, apesar de todo o esforço, compensa porque é NOSSO e porque dá um gozo do caraças conseguir escalar montanhas. Bem sabemos que chegar lá acima, ao pico, é o foco, mas não é o mais importante. O trilho, o caminho, isso sim é o que deve importar e o que deve fazer vibrar o coração, diariamente.A Ana Antunes Fotografia nasceu em 2014

Após um projeto conjunto na área dos casamentos, que não correu como desejado, decidi lançar-me com um projeto meu, nesta mesma área. Fui construindo o estúdio aos poucos, o que sempre me deu um enorme prazer e ia também ajudando a manter a motivação. O gosto pela área da maternidade e pelos recém-nascidos veio mais tarde, e tem vindo a crescer cada vez mais! 

Após muitas formações, avancei com este tipo de sessão, que me apaixona constantemente. Não foi nem é fácil ser fotógrafo freelancer. Quem começou, ou está no seu começo, sabe que ser fotógrafo passa por oferecer os nossos serviços inicialmente, por vezes, sem o devido reconhecimento. 

É uma roda vida. Para ter clientes temos de apresentar trabalho, para termos trabalho precisamos de clientes. Por isso, tive de pôr mãos à obra, criatividade na alma e muito amor no coração. 

Acaba por ser esta, das melhores formas de se começar, humildemente aprendendo e saboreando o caminho!Este mês estive em modo pausa, durante uns dias. Não tantos quanto devia, mas aqueles quanto me consegui permitir. Foram, até agora, dois anos sem férias e poucas foram as verdadeiras paragens da alma.

Nós, freelancers, achamos sempre que conseguimos mais e mais. É isso que nos é imposto diariamente. Mas, antes disso, somos humanos e no meu caso criativos.Um trabalho criativo exige, ainda mais, que paremos, respiremos e nos inspiremos.

Eu sou fotógrafa, tenho o meu próprio negócio e um estúdio montado. Já ouvi, mais vezes do que devia, que tenho sorte. Para mim, isso a que chamam sorte eu chamo de uma persistência do caraças de e muito, muito trabalho.Intitulo-me fotógrafa, quando, na verdade, eu sou (ou tenho de ser) também gestora, contabilista, técnica de marketing, senhora da limpeza, repositora, técnica de vendas, entre mil e outras coisas! É isto que é exigido, só isto, mas é isto tudo!Por causa disto, não consigo chamar sorte a este caminho, porque é trilhado, diariamente, sobre um coração que também tem os seus momentos de fraqueza, de dúvida e que tem de se manter firme perante todas as situações, não podendo contar somente com a sorte.  Com tudo isto que partilho convosco, não duvidem nem um segundo que me considero a pessoa mais feliz e realizada do mundo. Porque sei que apesar de todo o esforço, este caminho compensa porque me fez e me faz crescer, todos os dias. Sou muito agradecida. Desenvolvi um olhar perante a vida que me tornou maior, mais segura e com uma persistência que nem sabia que tinha! Sou muito grata também porque acompanham-me pessoas de muito bom coração, que não me deixam esquecer o que sou nem de onde vim. Isto sim é o melhor de tudo, os que nos enchem o coração de que viver vale MUITO a pena.

Agora, chega de lamechices.. que o trabalho chama por mim! Até já!

_


Ana Antunes Fotografia I Estúdio Fotográfico em Lisboa

22 visualizações
O ESTÚDIO

Morada: Rua José Viana 19 Loja B
1685-609 Caneças, Odivelas

Telefone: +351 911 798 256

Email: anaantunesfotografia@gmail.com

HORÁRIO
SUBSCREVA O BLOG!
  • Ícone do Facebook Cinza
  • Ícone do Instagram Cinza
  • Ícone do Pinterest Cinza

@ Ana Antunes Fotografia, 2020